O primeiro festival de realidade aumentada chega à França

Um evento organizado pelo Grand Palais e pelo Fisheye

Esta é uma grande notícia para os entusiastas da arte e da realidade aumentada. Nos dias 19 e 20 de Junho de 2021, terá lugar em Paris o primeiro festival de arte de Realidade Aumentada. Concebido pelo RMN Grand Palais e Fisheye, este evento mostrará obras de arte em realidade aumentada em parceria com a Tik Tok. O acesso é gratuito, mas você terá que reservar seu lugar no site exclusivoVocê precisará baixar o aplicativo, sem o qual não poderá ver as obras, e carregar seu smartphone.

O conceito é muito simples, com a ajuda de um tablet ou de um smartphone, os espectadores poderão passear pela exposição para admirar as obras de arte projectadas através do seu ecrã. As obras serão enormes e algumas delas serão animadas à medida que o real se torna virtual.

Artistas renomados como Mélanie Courtinat, Lauren Moffatt, Mélodie Mousset, Manuel Rossner e Théo Triantafyllidis se emprestaram ao jogo. Mas escolas de arte como a École Gobelins ou a ECAL/École cantonale d'art de Lausanne também se juntam à exposição e vão apresentar intervenções de realidade aumentada na fachada dos Champs de Mars.

festival-reality-augmented

Um festival para provar que a tecnologia também pode ser arte.

Muitas vezes associamos a arte a pincéis ou lápis, mas a realidade aumentada é também uma forma de criar e de nos expressarmos livremente. De fato, como os elementos são projetados por um smartphone ou um tablet, os artistas podem se expressar ainda mais livremente, sem qualquer preocupação com tamanho ou animação.

É um espaço criativo que se tornará um dos meios de exposição mais utilizados no futuro. Esta tecnologia combinada com a arte cria uma experiência totalmente imersiva para os telespectadores que podem viajar por um universo através do seu smartphone.

palais-augmentee-paris

Mas esta não é a primeira vez que a realidade aumentada é utilizada para exposições de arte. De facto, a Museu de Arte do Condado de Los AngelesEm parceria com a Snapchat, a Comissão Europeia lançou uma exposição ao ar livre para exibir monumentos em realidade aumentada, utilizando a aplicação Snapchat. Dada a dimensão dos monumentos reais e a pandemia do covid-19, é compreensível que esta tecnologia cumpra o objectivo deste evento: exibir obras de arte com concentração limitada de pessoas num espaço fechado.